Adolescentes ganham site sobre uso seguro da Internet

06/02/2013
Fonte: 
SaferNet Brasil
Autor: 
SaferNet Brasil
Veículo de Imprensa: 
SaferNet Brasil

Dos atuais 80 milhões de usuários de Internet no Brasil, 12% tem entre 6 a 14 anos, segundo dados da ComScore (2010). Para orientar este público sobre como navegar com segurança, a SaferNet lança um site recheado de jogos, vídeos, cartilhas, jogos e muito mais!
Indicadores da pesquisa TIC Kids Online Brasil 2012 revelam que a Internet está cada vez mais presente no cotidiano de meninos e meninas. 70% das crianças/adolescentes no Brasil têm perfil próprio nas redes sociais, sendo que o uso é intenso mesmo entre as crianças com menos de 13 anos.

Desta forma, os riscos on-line preocupam, pois a maioria desses jovens coloca em seu perfil foto que mostra claramente seu rosto (86%) e deixa seu sobrenome exposto (69%), podendo navegar nas redes sociais quando quiser, sem acompanhamento dos pais (63%). Entre crianças de 9-10 anos, 6% já tiveram contato na Internet com alguém que não conhecia pessoalmente, entre 11-16 anos, este número sobe para 26%.

Assim, dentro das comemorações do Dia Mundial da Internet Segura, celebrado nesta terça-feira (05), a SaferNet Brasil lançou um site exclusivo para adolescentes sobre o uso seguro da web. Disponível no endereço http://netica.org.br/adolescentes, o portal interativo oferece ao público teen noções de segurança e autocuidado na rede. Tudo isto em um espaço atraente recheado de cartilhas lúdicas com dicas; pesquisas sobre hábitos de navegação, jogos, HQs, vídeos e quiz.

A preocupação da SaferNet Brasil é educar os adolescentes para o uso seguro, responsável e ético da Internet, favorecendo a participação juvenil e o engajamento cidadão. Portanto, além de disponibilizar este novo site, a SaferNet oferece o canal de orientação HelpLine Brasil (www.canaldeajuda.org.br) para internautas que estejam vivenciando alguma situação de perigo e risco na rede. O atendimento é feito por uma equipe de psicólogos e pode ser realizado via chat ou e-mail. O contato por chat está disponível nos dias úteis (segunda à sexta) das 13h às 19h. Já a orientação via e-mail pode ser solicitada ininterruptamente (24h por dia, todos os dias da semana) e a equipe responde às mensagens em até 2 dias úteis.

Em apenas seis meses em funcionamento, o serviço online recebeu quase mil pedidos sobre perigos na Internet. Ciberbullying é prática que demanda maior número de atendimentos. 80% dos relatos sobre encontros virtuais foram de meninas e de cada 5 relatos de suspeita de aliciamento sexual infantil, um envolve menino. Todos os indicadores estão no infográfico disponível em http://www.safernet.org.br/site/webline/infografico

O diretor de prevenção da SaferNet Brasil, Rodrigo Nejm, chama a atenção para necessidade de oferecer condições para que crianças e adolescentes possam navegar com segurança. “Precisamos lembrar que facilidade para usar a rede não significa, automaticamente, que este público esteja amadurecido e tem condições de auto avaliação crítica sobre os limites. Mediar a navegação e estabelecer limites não é proibir, mas pelo contrário, estimular o exercício responsável da liberdade e autonomia também na internet. Estes estímulos podem vir da escola, da família, das empresas de internet e das politicas públicas, sites educativos, de forma complementar e não exclusiva.”, explica o psicólogo.

Além do lançamento do site exclusivo para adolescentes, a SaferNet, em comemoração ao Dia Mundial da Internet Segura, realiza uma série de ações que marcam a data. O Hangout (vídeo debate) Debate Cidadania na Internet: o que fazemos e o que queremos? ocorreu nesta terça-feira (05), às 16h, com a participação do jornalista e comunicador de TV Marcelo Tas, do Deputado Federal Jean Wyllys e da Ministra dos Direitos Humanos da Presidência da República Maria do Rosário. Foram convidados também adolescentes e jovens que praticam a cidadania na Web, como é caso da catarinense Isadora Faber, que relatará sua experiência de criação do perfil Diário de Classe na rede social, destacando o poder da Internet. O debate completo está disponível http://youtu.be/DVboDjR3hx4

Foram lançadas também, em parceria com a Childhood Brasil, as vídeo-aulas “Promovendo os Direitos de Crianças e Adolescentes no Ciberespaço”. O conteúdo tem como público-alvo os educadores que contarão com mais um recurso educacional para incluir a temática em sala de aula.

Outra novidade é o Concurso “Dia da Internet Segura 2013”, que conta com a parceria da GVT. A ideia é incentivar a participação de adolescentes e jovens nas campanhas de promoção do uso responsável e seguro da Internet, debatendo a questão da Cidadania na Web. Os participantes deverão criar vídeos, de até 2 (dois) minutos, que ilustrem o tema do Dia Mundial da Internet Segura 2013: "Direitos e Deveres Online: conecte-se com respeito". A premiação inclui tablets, câmeras fotográficas, pendrives e kits da SaferNet Brasil. O edital está disponível no site oficial do evento: www.diadainternetsegura.org.br

A Polícia Federal, em 27 estados brasileiros, também participou do Dia Mundial da Internet Segura. Agentes percorreram escolas, lan houses, centros de inclusão digital e cidadania, dentre outros espaços, para realizar uma ação educativa, distribuindo materiais educativos e orientando usuários e os responsáveis por esses espaços sobre como navegar com segurança e responsabilidade. O mapa com todas as atividades presenciais programadas para o Dia está disponível em: http://www.safernet.org.br/divulgue/eventos/

Já estão confirmadas cerca de 60 atividades de mobilização para a data que tem como proposta enfatizar a importância de comportamentos responsáveis e do exercício da cidadania também na web. Desde 2009, a SaferNet coordena o evento no Brasil, sendo este o 5º ano consecutivo. Para consultar ou cadastrar novas atividades na Agenda Nacional do evento, basta acessar www.diadainternetsegura.org.br.

As ações do Dia Mundial da Internet Segura no Brasil contam com a parceria de diversas instituições, tais como: Petrobras, GVT, Childhood Brasil, Google Brasil, Polícia Federal, Ministérios Públicos, Secretaria dos Direitos Humanos da Presidência da República, dentre outras. A SaferNet Brasil tem disponibilizado gratuitamente para as instituições parceiras dezenas de kits com materiais educativos e de prevenção aos crimes cibernéticos

Contatos:

Assessoria de imprensa da SaferNet Brasil:
Donminique Azevedo: (71) 3235-5910 / (71) 9136-1618
donminique@safernet.org.br